Categoria Praias

poradmintravel

Angra dos Reis | Sugestões para planejar a sua viagem

Para onde será sua próxima viagem? Se você permite uma sugestão, por que não optar pelo paraíso brasileiro de Angra dos Reis? Esse é um município do estado do Rio de Janeiro localizado ao Sul.

Ali, belezas naturais e atrações diversas são o que não falta. Mas é claro que antes de viajar para lá é preciso fazer um roteiro e ter em mente tudo o que você deseja conhecer, e também aonde vai se hospedar, certo?

E para lhe ajuda nesse planejamento, confira a seguir algumas dicas para elaborar o seu roteiro de viagem para Angra a fim de conhecer tudo o que essa bela cidade tem para lhe mostrar! Confira e anote aí!

Hospedagem

É claro que temos que começar por ela, afinal você precisa se estabelecer em algum lugar! Mas pode ficar tranquilo, porque há opções de pousadas e hotéis para todos os bolsos e gostos.

Econômico – para quem não quer gastar demais com a hospedagem a sugestão é ficar na Pousada Praia da Ribeira Clube, que fica na Praia da Ribeira; ou então na Pousada Sossego do Major, que fica na Praia da Biscaia.

Médio – Quem não está nem lá e nem cá, pode ficar num espaço com preço de valor médio na diária. As sugestões são a Casa do Bicho Preguiça, que fica na Estrada do Contorno, ou o Angra Beach Hotel, no Parque das Palmeiras.

Superior – Mas se você quiser tudo do bom e do melhor sem olhar para o preço, então, fique no Angra Boutique Hotel, localizado no Condomínio do Frade.

E agora que já demos entrada na hospedagem, que tal começar explorar a cidade? Veja só o que você pode fazer por lá!

1º Mergulhar

Com águas tão verdes e claras você não vai resistir e com certeza vai colocar sua máscara e snorkel para ver de perto os peixes, tartarugas, corais e outras formas de vida subaquática. Mas se quiser ir mais profundo, há muitos naufrágios para visitar na região. E os melhores locais para mergulho são as ilhas Sandri, Botinas e Comprida.

2º Fazer safari

Já que você chegou a Angra mesmo, que tal dar uma esticadinha de cerca de 47 km e fazer um safari em Mangaratiba? O Portobello Resort & Safari tem uma área de 300 mil m² que abriga animais da fauna do Brasil, da Europa e da África. São cerca de 500 deles para você conhecer em um passeio de picape em um trajeto que dura cerca de 1 hora e 20 minutos.

3º Passear de barco

É claro que você não vai embora de Angra dos Reis sem passear de barco pelas fabulosas ilhas, não é mesmo? São centenas delas que podem ser visitadas com embarcação alugada ou em escunas. E as paradas são sempre bem vindas para mergulhar com os peixes nas águas verdes.

4º Visitar o centro histórico

Embora seja um pouco congestionado, o centro histórico de Angra merece uma visita também. Ali há construções coloniais muito belas, como conventos, igrejas e espaços de cultura onde o turista pode ver documentos, imagens e obras de artistas da região, além de poder registrar belas vistas da cidade.

5º Badalar nas festas

Muitas festas acontecem nas altas estações de Angra dos Reis, mas a cada temporada elas mudam de endereço e vão para outra ilha. Há eventos de todos os tipos, daqueles que encerram a tarde e outros para dançar a madrugada toda. Basta escolher o seu preferido.

E você também pode fazer trilhas pela Ilha Grande, comprar frutos do mar frescos no mercado de peixes, conhecer gente jovem e bonita na Praia do Dentista e muito mais. Afinal, em Angra há atrações para todos. Então, deixe registrado como um de seus destinos, porque com certeza você não vai se arrepender!

 

poradmintravel

Pensando e viajar para o Tahiti? Descubra o que fazer por lá!

Você já imaginou como seria viajar para um lugar que parece estar em outro mundo? Um lugar que te faz fugir da realidade e te leva para uma dimensão onde somente há belezas e muita paz? Então você está sonhando com sua viagem para o Tahiti!

Essa belíssima ilha faz parte do território da Polinésia Francesa, que fica localizado dentro ada Polinésia. Ele é composto por 118 ilhas, que formam no total 5 arquipélagos, sendo Marquesas, Austral, Tuamotu, Gambier e Sociedade, sendo que neste último é onde está também a ilha do Tahiti.

E hoje vou contar para você o que fazer por lá, apresentando os pontos turísticos mais incríveis dessa ilha, que você não pode deixar de colocar em seu roteiro. Veja só quais são eles:

Parque Bougainville

O nome do parque é uma homenagem ao explorador Louis Antoine de Bougainville, ele foi um dos primeiros franceses a chegar ao Tahiti. No parque há uma estátua em sua homenagem e também muita sombra para fazer piquenique! A vegetação é exótica ali, sendo que este é um dos pontos mais belos da ilha, que se localiza em sua capital, Papeete.

Museu da Pérola Negra

Seu nome original é Musée de la Perle, e trata-se do único de Papeete. Seu tema central são as belíssimas pérolas negras, e o visitante poderá conhecer toda a questão mística que as envolve, afinal, essas joias já foram cobiçadas para serem utilizadas em cerimônias religiosas. Embora sejam raras, essas pérolas são muito encontradas por lá.

Papeno’o

Entre as muitas praias que você pode visitar no Tahiti, eu sugiro que você não deixe de fora da sua lista a Papeno’o. Isso porque o diferencial dela são as areias negras que a recobrem. Isso porque ela tem origem vulcânica. Ali também é o lugar ideal para surfistas pegarem boas ondas e ainda há a belíssima queda d’água que gera energia para abastecer toda a ilha.

Papeari

Essa é uma vila que está localizada na costa sul do Tahiti, e um ponto muito interessante para quem deseja belezas naturais e cultura num só lugar. Ali você poderá visitar a casa de Robert Keable, importante romancista britânico, e também o museu fundado no ano de 1927, em homenagem ao pintor francês Paul Gauguin.

Esse é um passeio imperdível para quem gosta de fazer caminhadas. Afinal, quem não gostaria de andar por entre as belezas do local que foi chamado por Robert Louis Stevenson de “jardim do mundo”? Essa vila se localiza a sudoeste do Tahiti e o turista pode se banhar na praia ou rio, além de apreciar belezas que encantam os olhos.

Parque Jacques Chirac

Antigamente esse parque tinha o nome de Place du 2 Juillet (Praça 2 de Julho), isso porque essa foi a data em que realizarem-se pela primeira vez testes nucleares no Oceano Pacífico Sul. Ali está um trabalho do artista local Eriki Marchand. São totens que simbolizam protestos contra os testes nucleares, que foram realizados na Polinésia Francesa por 30 anos.

Além do valor histórico, o parque também é repleto de belezas naturais e ainda oferece uma bela vista para o porto de Papeete.

Anotou? E saiba que há muito mais para conhecer no Tahiti e suas belas ilhas, então, vá com tempo e muita vontade de descobrir coisas novas!